Entre Cannes e Canos

Novembro 8, 2009

Relato de um dia de boa e má publicidade.

Ao fim da tarde na exposição dos premiados do Festival de Cannes no Terreiro da Paço, a ver isto:

AXE Day or Night?
AXE Day or Night?

Ou isto:

WWF It's your turn

WWF It's your turn

Ou outras ideias originais como a estrada que dá música – mas apenas se o condutor for a 40km/h como estratégia de prevenção da sinistralidade rodoviária.

Ao princípio da noite os Canos. Os prémios para os piores da publicidade. Apresentação de Fernando Alvim. Como convidado especial José Carlos Marques autor do blog (e do livro) Vendo a Minha Mãe que tem vindo a reunir os melhores (piores) anúncios de classificados.

E o vencedor da noite com direito a entrega de prémio pela Marta da Ok Teleseguro(que na verdade é Xana). O anúncio da Lógica (mas sem lógica nenhuma) arrecadou desta forma o Grã Pri:

Por oposição a Cannes onde se apresentam as melhores peças de publicidade, nos Canos apresentam-se as piores.

Tive oportunidade de assistir a uma breve apresentação, ainda em tempo de faculdade e fiquei com água na boca por mais. É que a boa publicidade é muito saborosa, mas o ser cáustico dentro de cada ser humano tem tendência para a tragédia e adora ver um bom desastre.

Passo o exemplo, retirado do blog oficial:

Canos da Publicidade - Um quê???

Canos da Publicidade - Um quê???

Alguns anúncios são “só” ridículos (como o do exemplo) outros pegam em clichés ou levam metáforas ao extremo – mas todos sem excepção são má publicidade.

O próximo Festival do Cano, que inclui entrega de piaçabas (leia-se prémios) será a 7 de Novembro em Lisboa. E eu já garanti o meu lugar.

“It’s time for a change” foi o mote de campanha de Barack Obama. A simplicidade da mensagem foi na mesma medida da sua eficácia.
Algo a ter em conta na publicidade. Duplos sentidos e frases rebuscadas podem resultar num copy excelente, elogiado, potencial vencedor de prémios. Mas a força e facilidade de compreensão de um slogan simples continuam a funcionar.

Não fui a única a reparar. Não só porque vi em blogs outros posts sobre este assunto, como pela campanha com que me deparei esta amanhã.
Não sei se foi propositado ou não. Mas a promessa do novo Renault Mégane é “É Tempo de Mudar”.
Isso disse o Obama. E resultou.