O meio é a mensagem, disse McLuhan.
Não sei então o que dizer desta notícia.

O novo suporte publicitário são precisamente os pequenos e irritantes seres voadores. A novidade foi introduzida no decorrer da Feira do livro em Franfurt onde foram lançadas duzentas moscas com pequenos autocolantes publicitários.
O autocolante é infensivo para as criaturas, garantem. Dizem que a mensagem descola das moscas ao fim de duas horas. Eu pergunto quanto tempo demorará a colar a mensagem na mente dos consumidores.

Esta novidade pôe a um canto a publicidade em Smarts, na areia ou até tatuada na testa.

O ponto positivo é que agora as moscas não veiculam só doenças, também veiculam publicidade.
Diria que é um novo posicionamento das moscas no mercado.